Resultados

Para o projecto será relevante entender como os espaços de aprendizagem formal e informal estão relacionados e conectados na escola ou no desenho da universidade.


Atlas Universitário da Área Metropolitana de Lisboa

Consiste no levantamento de todos os equipamentos universitários existentes na Área Metropolitana de Lisboa (AML) e na sua identificação no mesmo contexto geográfico. Foi realizada a análise de dispersão dos edifícios universitários, de forma a entender de que modo estes integram a estrutura da cidade. Foram classificados apenas os edifícios correspondentes a faculdades e institutos e feita uma separação entre os edifícios universitários isolados e os que se integram num recinto universitário.

ortofotomapa de lisboa


9 Casos de Estudo em Lisboa

Consiste no levantamento dos recintos universitários existentes na AML, tendo em vista a sua análise recorrendo a uma metodologia baseada nas análises descritas na obra A Forma Urbana no Planeamento Físico 1, de Luz Valente Pereira, e na obra Campus Madrid 2, de Pablo Calvo-Sotelo. A análise corresponde a uma redução do universo de estudo, do qual foram retirados todos os edifícios universitários não integrados em recintos do tipo "campus". Esta amostra engloba 9 recintos, localizados em 3 concelhos da AML: Lisboa, Almada e Oeiras.

EAA no Instituto Superior Técnico

Para cada espaço de aprendizagem activo (EAA) existente no campus do Instituto Superior Técnico situado na Alameda serão identificadas as exigências específicas espaço-funcionais e definidos os padrões espaciais correspondentes.

Em complemento são descritas as propriedades configuracionais através da metodologia da sintaxe espacial (Hillier e Hanson, 1984).

outros casos

Outros resultados

  • A Student's Voice To Whom It Might Concern | "House of Secrets", by Ana Vidigal. An Informal Experience, 2012 (pdf)

  • Bibliotecas Universitárias: Análise da Organização, Flexibilidade e Adaptabilidade dos seus Espaços, 2012 (pdf)

  • Acessibilidade no Espaço Construido: do contexto ao utilizador. Caso de estudo: o Campus Alameda do IST, 2012 (pdf)

    (clique aqui para visualizar o video)

  • Proposta para o antigo terminal rodoviário do Arco do Cego, 2011 (pdf)

  • Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Jardim do Cerco, 2010 (mais)

  • Can Mobility Flow Analysis Improve Informal Learning Processes in Traditional Educational Establishments?, 2009 (pdf)

  • Synchronizing Spatial Information in Complex Environments:
    A Crossover of Space Syntax and Spatial Information Visualization, 2007 (pdf)

  1. Pereira, Luz V. (1983) A Forma Urbana no Planeamento Físico, Lisboa: LNEC
  2. Calvo-Sotelo, Pablo Campos (2007) Campus Madrid – Urbanismo y Arquitectura en las Universidades de la Comunidad de Madrid, Madrid: DGUPR, CMAOT, Comunidad de Madrid