Investigação

A questão de investigação colocada refere-se ao modo como as propriedades configuracionais dos ambientes de aprendizagem activa (3A) influenciam a experiência espacial dos utilizadores, geram interacção e facilitam a sua capacidade de adquirir e partilhar conhecimento.

Argumenta-se que as configurações espaciais têm a capacidade de posicionar no espaço alunos e professores e deste modo regular os processos de partilha de conhecimento. O tipo de regras impostas pelo espaço aos utilizadores constitui a condição chave para que a função sócio-informacional associada ao processo de ensino-aprendizagem ocorra.

A resposta a esta questão requer o desenvolvimento de um modelo de análise espaço-funcional capaz de permitir descrições espaciais sistemáticas, objectivas e não arbitrárias.

Estado da arte

(ler mais...)